Significado da Páscoa

Nesta páscoa encontrei um amigo de infância, o qual já fui comprimentando com um “feliz páscoa” e ele logo me disse, você ainda acredita na páscoa? Essa pergunta foi feita pelo fato de eu ter me tornado evangélico, coisa que não muda em nada o significado da páscoa para quem é cristão. A palavra páscoa vem do hebreu Peseach, que significa a passagem da escravidão para a liberdade. É a maior festa do cristianismo e, naturalmente, de todos os cristãos, pois nela se comemora a Passagem de Cristo – “deste mundo para o Pai”, da “morte para a vida”, das “trevas para a luz”.

A libertação que o texto acima se refere é sobre o pecado que escraviza a pessoa.
Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do pecado” (Jo 8:34)

Com base nesta explicação a conclusão que o CRISTÂO SALVO chega é que ele próprio já experimentou em sí mesmo a verdadeira páscoa que é a nossa passagem do homem espiritualmente MORTO para Deus(homem condenado, que vivia fora da vontade de Deus, buscando seus próprios prazeres e sem se importar com o pecado) para o homem espiritualmente VIVO para Deus (seu prazer é fazer a vontade de Deus seguir os ensinamentos de Jesus) que significa a nova vida, aquela que a bíblia cita em II Coríntios 5:17 – “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. Essa é a verdadeira PÁSCOA a renovação do seu EU por meio de Cristo Jesus nosso Senhor.